Revisão do carro com 20 mil km: dicas para não sair no prejuízo

Um dos maiores medos dos motoristas ao adquirir um carro novo, zero quilometro é a revisão do carro, exigida pelas concessionárias. Não importa o modelo do carro, tenha em mente que após um período ele terá que passar por uma revisão obrigatória. O espaço de tempo em que esse processo ocorre depende de cada concessionária.

Algumas marcas costumam ligar para seus clientes após seis meses ou um ano. Já outras alertam os motoristas no ato da compra que após determinada quilometragem ele deve comparecer até a concessionária para a revisão do carro .

 

Primeira grande revisão do carro

Uma das revisões mais “temidas” pelos motoristas é a realizada aos 20 mil quilômetros.

Essa revisão não é a primeira a ser realizada, pois antes dela provavelmente o motorista já tenha levado seu carro quando ele atingiu 10 mil quilômetros ou em alguns casos quando completaram seis meses da compra do veículo.

Porém, a revisão dos 20 mil quilômetros é a primeira “grande revisão”, pois nela são checados mais itens que podem gerar maior custo ao consumidor.

 

Por que os motoristas não gostam de fazer revisão do carro?

Muitos motoristas não gostam de fazer revisão em seu carro e isso pode ser explicado por dois motivos simples, o primeiro é o incômodo causado pelo processo. Algumas pessoas simplesmente sentem preguiça ou falta de tempo, ou ainda não podem deixar seu carro na concessionária por alguns dias para a realização da revisão.

O segundo motivo e talvez o principal é que os motoristas costumam pensar que a revisão obrigatória ficará muito caro, principalmente a realizada aos 20 mil quilômetros, pois nessa hora mais peças são revisadas e algumas são trocadas.

Pensando nisso, preparamos algumas dicas para você se preparar melhor para a revisão dos 20 mil quilômetros.

 

Dicas para a grande revisão do carro

– Tenha em mente que ela é necessária

Por se tratar de algo “obrigatório” muitas pessoas levam uma ideia errada da revisão, como se fosse algo apenas para a concessionária lucrar, mas na verdade essas revisões mantem o seu carro em perfeito funcionamento, valorizam seu veículo e impedem que as peças sofram com problemas pela falta de manutenção.

– Não deixe de fazer a revisão com medo do preço

Ao comprar um carro você deve ter em mente que ele te proporcionará alguns gastos adicionais como combustível, IPVA gastos com documentação e também as revisões obrigatórias. Se programe para que você possa realizar a revisão no período correto. Ao comprar o automóvel você será informado de quando ela ocorrerá, basta se programar.

– Não leve em conta o valor gasto em revisões anteriores

Como dissemos anteriormente, a revisão dos 20 mil quilômetros não é necessariamente a primeira realizada no veículo, mas ela é uma revisão mais completa que as anteriores, onde mais itens serão revisados e trocados (se necessário). A dica é não levar em conta o valor gasto nas revisões anteriores para não se surpreender com o preço.

– Economizar dinheiro agora pode significar mais gastos no futuro

Não pense que deixar de levar seu carro para a revisão obrigatório irá te economizar dinheiro, pois esse pensamento pode te trazer prejuízos no futuro. Deixar de fazer a revisão pode fazer com que você perca a garantia do seu carro, e assim, caso alguma peça “grande” como o motor tenha problemas, o custo será muito maior.

 

Gostou do conteúdo?  então compartilhem com seus amigos

Deixe Sua Opinião - Comente Abaixo :
%d bloggers like this: