Flamengo pode ter desfalque de peso para a decisão e já trabalha com plano ‘B’

Após o empate em 0 a 0 com a Chapecoense, no confronto de ida das oitavas de final da Conmebol Sul-Americana, na última quarta-feira (13 de setembro), surgiu uma pulga atrás da orelha da comissão técnica do Flamengo. E não foi a atuação abaixo da média da equipe do técnico Reinaldo Rueda que preocupa. A notícia ruim veio após a lesão de Everton ter sido confirmada pelo clube.

Ainda no primeiro tempo, o camisa 22 foi substituído por conta de dores na panturrilha. E o exame feito no atleta apontou uma contusão de grau 2, que tira o atleta de combate por mais ou menos duas semanas. E a participação na final da Copa do Brasil, que acontece no próximo dia 27, passou a ser uma incógnita.

Para não perder um dos jogadores mais regulares da temporada, o Flamengo corre contra o tempo. Éverton fará tratamento intensivo durante os 12 dias restantes para entrar em campo. Caso seja vetado, Vinícius Júnior surge como o substituto natural, com Lucas Paquetá correndo por fora na briga pelo espaço.

Vale lembrar que Rueda já tem os problemas dos atletas que não conseguiram ser inscritos na competição, como Éverton Ribeiro e Geuvânio, jogadores mais experientes e que tirariam o peso de decidir uma decisão das costas de garotos como Vinícius e Paquetá. Internamente, a dupla tem muita moral com o colombiano, mas será a primeira prova de fogo dos talentos quando se fala em decisão.

 

Fonte: foxsports.com.br

Acesse Aqui Mais Noticias do Esporte no Portal da Paraíba

Deixe Sua Opinião - Comente Abaixo :
%d bloggers like this: