Dr Lair Ribeiro no Conexão Repórter

Um homem estudioso, polêmico, corajoso.

Roberto Cabrini frente a frente com alguém que não tem medo daqueles que desafiam seus conhecimentos.

Lair Ribeiro responde às mais duras questões, na única entrevista dada por ele nos últimos anos.

A dieta cetogênica, que ele alega poder curar o câncer; e defensor do colesterol e da gordura, o cardiologista é criticado por importantes nomes da medicina tradicional.

Uma medicina, aliás, que ele considera fortemente influenciada pelo que chama de máfias, e que atendem a interesses escusos da indústria farmacêutica e de laboratórios.

Para Lair, os remédios silenciam as doenças. E, na maioria das vezes, em vez de curar, eles, na verdade, prejudicam a saúde.

Entusiasmado adepto do óleo de coco, ele acredita no seu uso até como protetor solar – outro tema bastante controverso.

Além de médico, é nutrólogo. Seu nome voltou à tona com o caso de Marcelo Rezende, jornalista que abandonou o tratamento convencional de câncer para seguir a dieta cetogênica.

Homem de personalidade forte, ele já se acostumou às críticas, muitas delas ferozes. Há até quem duvide de seu diploma de medicina.

A resposta de Lair é seu orgulho da própria carreira. Considera-se um pioneiro, que paga o preço da ousadia de combater conceitos imperiais da medicina alopática.

E ele não está sozinho nessa constatação. Da mesma forma que acumula desafetos em sua longa carreira, tem uma legião de seguidores que o consideram injustiçado.

Defensor da alimentação como remédio para a vida, Lair é autor de 38 livros, com mais de 4 milhões de cópias vendidas.

Lair Ribeiro. Reverenciado. Criticado. Jamais ignorado. Suas ideias e suas lições.




Fonte: conexão reporte

Deixe Sua Opinião - Comente Abaixo :
%d bloggers like this: